---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


ACOMPANHAMENTOS NUTRICIONAIS NO MUNICÍPIO DE SERRA ALTA

Publicado em 10/06/2019 às 16:06 - Atualizado em 10/06/2019 às 16:07

Hoje o município de Serra Alta tem à frente da coordenação da alimentação escolar a nutricionista Damaris Ventura, que trabalha focada na alimentação escolar do Centro Municipal de Educação e Centro de Educação Infantil Primeiros Passos. O município também conta com o nutricionista Fernan Tasca que realiza os atendimentos na área da saúde, que são indicações de diagnósticos médicos, bem como cuida da alimentação dos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos, e atendimentos domiciliares a pessoas acamadas ou que fazem uso de sondas.

O trabalho dos nutricionistas tem como objetivo adquirir produtos de qualidade, sendo que para garantir essa qualidade é lançado um edital de compras com a descrição dos itens que serão adquiridos. Além dos produtos adquiridos pelo edital de compras há produtos do Programa da Agricultura Familiar, onde são adquiridos 30% dos produtos da agricultura local, esse processo é realizado em parceria com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, no ano de 2018 foi possível atingir 56% dos produtos da Agricultura Familiar.

A nutricionista Damaris destaca a dificuldade dos municípios pequenos ter a demanda suficiente de produtos da Agricultura Familiar, muitas vezes pelo fato da quantidade não ser viável para o produtor, como hoje o município conta com duas escolas municipais a demanda acaba sendo pequena.

Os cardápios das escolas e também para os usuários do SCFV são bem diversificados, seguindo as normas de 20% das necessidades nutricionais do aluno. E para as crianças da creche que permanecem meio dia 30% das necessidades nutricionais e para as que ficam o dia todo 70%.  A variedade de frutas e verduras é muito grande, priorizando sempre a qualidade.

O município conta com merendeiras capacitadas, através de treinamentos e cursos, onde os nutricionistas acompanham semanalmente, principalmente quando há mudanças no cardápio para avaliar a aceitação.

Segundo Damaris, “é importante inserir novos alimentos, mesmo que a criança não goste no primeiro dia, deve ser inserido novamente no cardápio para ver se a criança não gostou naquele dia ou se ela mesmo não aceita aquele alimento, pois não pode excluir nenhum tipo de alimento da criança”.

Dentro dos cardápios escolares tem alunos que possuem patologias e necessitam de alimentos diferenciado, então mediante a laudo médico esses alimentos são fornecidos para as crianças.

Também as crianças possuem uma avaliação nutricional em parceria com a saúde, onde os nutricionistas trabalham em conjunto, num Projeto Criança Ativa, onde os nutricionistas fazem o acompanhamento, tendo como objetivo trabalhar os casos de sobrepeso e obesidade, e algumas patologias que se apresentam numa fase bem precoce da vida. Esse projeto é também em parceria com o SCFV, onde são desenvolvidas algumas atividades como orientações nutricionais e práticas de atividades físicas orientadas pela professora de Educação Física, que atende as crianças semanalmente. 

Dessa forma associando alimentação saudável e evitando o sedentarismo, além de evitar patologias na vida adulta.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar