---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Administração renova incentivo à vitivinicultores do município

Publicado em 10/02/2020 às 15:00 - Atualizado em 10/02/2020 às 15:00

Serra Alta tem em sua origem descendentes italianos e a cultura do vinho artesanal já é praticada no município desde sua existência. Por isso a administração, juntamente com o Sebrae, busca aprimorar a produção e agregar valor a esta atividade.

Por isso, neste ano de 2020, mais uma vez o prefeito Darci Cerizolli assinou o termo de convênio em apoio aos vitivinicultores do município. “Há três anos que damos esse suporte aos nossos produtores de vinho. Apesar de não ser um grande número, são apenas três produtores, sabemos que essa atividade faz parte do município, até pela parte cultural, por isso nos sentimos felizes em poder colaborar para a manutenção da mesma”, disse o prefeito.

Através desse incentivo, um enólogo visita os produtores do município para orientações e treinamento, gerando bons resultados na produção. “São orientados desde a adubação da parreira até a produção do vinho. Isso dá qualidade de alto nível a bebida que é produzida em nosso município”, explica Darci.

Em junho de 2019, os produtores de Serra Alta foram premiados em uma avaliação regional. A premiação foi organizada pelas Associações de Produtores de Vinho da região, com o apoio do Sebrae/SC, UDESC, FACISC, associações empresariais, Epagri e Prefeituras.

Participaram da avaliação 57 produtores dos municípios de Pinhalzinho, Modelo, Serra Alta, Nova Erechim, Quilombo, Ouro Verde, Ponte Serrada, Passos Maia, Vargeão, Xanxerê e Ipuaçu. Foram degustadas 116 amostras de vinho nas categorias branco – bordô e isabel. Na avaliação regional, dois produtores de Serra Alta se destacaram: Domingos Strapazzon levou o primeiro lugar na categoria vinho bordô, e Roque Luís Ripke ficou com o segundo lugar no vinho tinto e com o primeiro na categoria vinho branco.