---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Serra Alta cria comissão de controle de Crise para enfrentar Coronavírus

Publicado em 18/03/2020 às 14:33 - Atualizado em 18/03/2020 às 16:35

O governo de Santa Catarina decretou nesta terça-feira (17) situação de emergência por causa da pandemia do coronavírus. A medida foi anunciada após a confirmação de que há casos de transmissão comunitária da doença no Sul do estado. O decreto proíbe por 30 dias a realização de eventos no estado, independentemente da quantidade de pessoas, e os serviços de transporte coletivo municipal, intermunicipal e interestadual durante sete dias, em regime de quarentena.

O último boletim do Ministério da Saúde aponta que Santa Catarina tem sete casos confirmados de Covid-19, mas o secretário de estado da Saúde, Helton Zeferino, disse durante a coletiva que esse número é maior. Entretanto, evitou falar em quantidade e declarou que é preciso aguardar a próxima atualização do governo federal. O estado monitora 220 casos suspeitos.

Os municípios com diagnósticos confirmados são: Florianópolis (3 casos), Rancho Queimado (2 casos); Joinville (1 caso) e Braço do Norte, cujo único paciente está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Içara. Os demais estão em isolamento domiciliar. O tratamento é feito com medicações usadas contra a H1N1 e demais síndromes gripais e respiratórias, como antitérmicos e antigripais.

Mediante este decreto, Serra Alta também acatou as ordens estaduais e serviços não essenciais, como academias e comércio em geral estarão fechados pelos próximos sete dias. Está proibida também a entrada de novos hóspedes no setor hoteleiro pelo mesmo prazo. Os serviços considerados essenciais, como os funerários, de saúde, farmácias, mercados e supermercados, postos de combustíveis e distribuição de gás e água, serão mantidos.

As indústrias manterão sua programação normal, porém, na reunião desta manhã, ficou acordado que quando um funcionário apresentar qualquer sintoma suspeito, os gestores comunicarão à secretaria de Saúde e esta fará a avaliação do paciente.

As aulas também estão suspensas a partir de amanhã, dia 19. Segundo o prefeito Darci Cerizolli não há prazo para a retomada. “Uma Comissão de Controle de Crise foi instalada no município com membros de cada setor da sociedade e membros da administração para avaliar a situação constantemente e tomar as decisões corretas. Sabemos que este é um período de crise, mas que vai passar como todos os outros. Não há razão para pânico”, garante o prefeito.

No setor da saúde, a indicação é que a população evite ir a Unidade Básica de Saúde. “Solicitamos a população que venha para o posto de saúde, somente se necessário. Evitem vir cedo e evitem aglomerações na sala de espera. Para as mães que tem crianças para vacinar, entrem em contato pelo Whatsapp no número 9 8927-1834 para estarem se informando dos horários que a sala de espera não esteja tão cheia.  No momento, precisamos ser responsáveis em relação a transmissão dos vírus respiratórios”, disse o prefeito.

Com esta decisão, estão canceladas também as festividades do município que seriam realizadas no próximo mês de abril. “Vamos ficar em nossas casas e evitar aglomerações. É apenas um período e logo retornaremos ao normal. Tenho certeza que o povo de Serra Alta vai enfrentar mais esse problema fortes e unidos”, destacou o prefeito.